Carrinho  

Sem produtos

Expedição 0,00 €
IVA 0,00 €
Total 0,00 €

Preços com IVA

Carrinho Encomendar

Newsletter

Notícias

 

Lançamento do serviço marcação de ponto para pequenas e médias empresas  (Junho 2018 - Comunicado de Imprensa)

A AoSegundo Control lançou no passado mês de maio o novo serviço de marcação de ponto INTIME2, um produto a baixo custo destinado para pequenas e médias empresas.

         

Dando seguimento ao sucesso alcançado junto das pequenas e médias empresas ao longo da última década com o relógio de ponto INTIME1, a AoSegundo Control lançou no passado mês de maio, o serviço de marcação e registo de ponto INTIME2. Este serviço tem um custo a partir de 2€ por funcionário, conta com dois novos modelos de relógios de ponto, o INTIME2 RFID e o INTIME2 BIO, ambos com capacidade até 15 funcionários, com garantia vitalícia, suporte tecnico gratuito e terminal de substituição em caso de avaria. Inclui ainda o software Time Report 5 em conformidade com o novo RGPD – Regulamento geral da Proteção de Dados, é completamente parametrizável e faz exportação de dados para os softwares de salários mais utilizados no mercado.

Para mais informações visite www.aosegundo.pt/intime2

A AoSegundo Control é especialista em relógios de ponto e controlo de acessos em Portugal, Espanha e Continente Africano. Sediada em Leça da Palmeira, Matosinhos, promove o hardware e o software feitos e desenvolvidos em Portugal.

Para mais informações visite www.aosegundo.pt

Controlamos o tempo...aoSegundo

 

Código do Trabalho -Artigo 202.º - Registo de tempos de trabalho

CAPÍTULO II - Prestação do trabalho

SECÇÃO II Duração e organização do tempo de trabalho

SUBSECÇÃO I Noções e princípios gerais sobre duração e organização do tempo de trabalho

Artigo 202.º - Registo de tempos de trabalho

1 — O empregador deve manter o registo dos tempos de trabalho, incluindo dos trabalhadores que estão isentos de horário de trabalho, em local acessível e por forma que permita a sua consulta imediata.

2 — O registo deve conter a indicação das horas de início e de termo do tempo de trabalho, bem como das interrupções ou intervalos que nele não se compreendam, por forma a permitir apurar o número de horas de trabalho prestadas por trabalhador, por dia e por semana, bem como as prestadas em situação referida na alínea b) do n.º 1 do artigo 257.º

3 — O empregador deve assegurar que o trabalhador que preste trabalho no exterior da empresa vise o registo imediatamente após o seu regresso à empresa, ou envie o mesmo devidamente visado, de modo que a empresa disponha do registo devidamente visado no prazo de 15 dias a contar da prestação.

4 — O empregador deve manter o registo dos tempos de trabalho, bem como a declaração a que se refere o artigo 257.º e o acordo a que se refere a alínea f) do n.º 3 do artigo 226.º, durante cinco anos.

5 — Constitui contra-ordenação grave a violação do disposto neste artigo.

 

Artigo 18.º - Dados biométricos

1 — O empregador só pode tratar dados biométricos do trabalhador após notificação à Comissão Nacional de Protecção de Dados.

2 — O tratamento de dados biométricos só é permitido se os dados a utilizar forem necessários, adequados e proporcionais aos objectivos a atingir.

3 — Os dados biométricos são conservados durante o período necessário para a prossecução das finalidades do tratamento a que se destinam, devendo ser destruídos no momento da transferência do trabalhador para outro local de trabalho ou da cessação do contrato de trabalho.

4 — A notificação a que se refere o n.º 1 deve ser acompanhada de parecer da comissão de trabalhadores ou, não estando este disponível 10 dias após a consulta, de comprovativo do pedido de parecer.

5 — Constitui contra-ordenação grave a violação do disposto no n.º 3.

  

Reforço da equipa de vendas  (Março 2015)

Reforçamos a nossa equipa de vendas com um novo comercial, o Sr. C. Sousa a que desejamos os maiores votos de sucesso e exitos profissionais.

 

Atualização do site www.aoSegundo.pt  (Março 2015)

Novas tabelas de preços (com descida de preços)  e inclusão de novos produtos com novo visual no site.

 

BellBox Alarme-Sirene (lançado em Março 2015)

A Bell Box Alarm é um pequeno relógio temporizador programável por USB. É um dispositivo com um sistema de toque automático, programável, preciso, funcional, flexível, fácil de instalar e de baixo custo.


Nova versão do Time Report 4

Versão 4.2.3.5  (Janeiro 2015)

Novo processamento de marcações, Exportação para excel e pdf, etc.

 

Ausencia Prevista na empresa: 26/12/2013 a 15/01/2014

Caros Clientes, Fornecedores e amigos.

Informamos que estaremos ausentes da empresa durante o período de 26/12/2013 a 15/01/2014 devido a uma acção Humanitária em Africa.Iremos estar com acesso bastante limitado aos e-mails, telemóveis e Skipe, mas sempre que nos for possivel, iremos responder ou atender aos vossos pedidos.O contato telefonico alternativo é 229 967 389 (horas de expediente) Mais informações em: www.facebook.com/andacamundo

 

ANDA CÁ MUNDO! - Em 06-09-2013 arrancamos com a pagina do fecebook "anda cá Mundo" com o objectivo de divulgarmos o nosso patrocionio na acção humanitária até Guiné-Bissau. Evento com inicio a 26/12/2013 até 14/01 2014 em terras de Africa. A nossa empresa tudo vai fazer, para participar neste evento humanitário e entregar bens em aldeias carenciadas. 

 

Em 23 de Março de 2013 foi lançado novo catalogo de produtos de relogios de ponto, control de acessos, gestão de filas, gestão de frotas, gestão de bens.

 

Em 22 de Março de 2013 ficou on line o novo site www.aosegundo.pt, com novas funcionalidades e novo visual. Obrigado Bruno Dias, pelo teu trabalho e empenho.

 

Nova versão do Time Report 4

Versão 4.2.2.6
Aplicado o novo acordo ortográfico. 
Corrigido o cálculo do subsídio de férias. 
Corrigido o preenchimento da tabela das Correções, colunas Objetivo e Subsídio. 
Nas ausências previstas, passam a só estar disponiveis os códigos de processamento das Faltas e Subsídios. 
A opção Imperdir Marcações Repetidas passa a aceitar o valor máximo de 200 minutos. 

Nova Certificação de Software de Gestão

De acordo com a nova Portaria 22-A/2012 de 24.01.2012, todos os programas sofrerão alterações a ser obrigatorias a partir de 01.04.2012.
Assim sendo, vimos alertar todos os nossos cliente que ainda tenham aplicações nossas em MS-DOS que as mesmas deixam de cumprir os requisitos legais a partir de 01.04.2012, estando a empresa utilizadora do Software abrangida ou não pela pela obrigação de Software Certificado, pois quem tiver Software não Certificado vai ser obrigado a certas especificações que já não são possiveis nas nossas Aplicações em MS-DOS.
Informamos, que todas as nossas aplicações Certificadas estão preparadas para ler os dados dos programas em MS-DOS, pelo que a migração para o novo programa é praticamente automatica.

Alertamos tambem, que a partir da referida data, tambem vai ser obrigatorio Certificar todos os Documentos de Transporte ( Guias Remessa, Transporte, etc ), assim como as Consultas de Mesas ( Restauração ), pelo que já estamos a preparar todo o nosso software para cumprir estas novas especificações.
Ficamos à v/ disposição para qualquer informação adicional.

 

POS Elotouch All-in-one 15E1

Trata-se efectivamente de um produto, que pelas suas características técnicas, está orientado para aplicações que não requeiram performances elevadas em termos de processador visto que o equipamento trabalha com um processador Atom N270 a 1.66GHz. O ecrãn possui a dimensão de 15.6” Wide que ainda não é muito comum em equipamento POS, mas que começa a ser claramente uma aposta de futuro (maior área de trabalho, melhor resolução, etc..)
O seu design é muitíssimo atractivo podendo adaptar-se a diferentes aplicações, inclusive com a possibilidade de fixação na parede.
Como acessórios estão disponíveis o leitor de cartões de banda magnética e um display de cliente VGA.

 Declaração comprovativa de que as chaves dos algoritmos não são cedidas, para terminais de ponto marca ACronym.

Declaração de Irreversibilidade
(...)Da informação contida nas templates é impossível efectuar qualquer processo de reversibilidade de forma a gerar a impressão digital original, isto porque as templates contêm características biométricas a partir das quais não é possível compor qualquer tipo de imagem.
As templates são geradas através de algoritmos internos do terminal, sendo que estes algoritmos não são disponibilizados para qualquer efeito a outras entidades. Assim é possível garantir total segurança no processo de algoritmização.
Para adicionar mais segurança ao sistema os terminais têm um modo de recolha e gestão de templates interna, que não permite que a template seja retirada do terminal.
Este modo confere ao sistema um grau de segurança adicional.
Os terminais Acronym têm um sistema automático de configuração de nível de segurança, mas podemos afirmar que usualmente para um FAR (false acceptance
rate) de 1/1,000,000 existe um FRR (false rejection rate) de 1/100 a 1/200. 
Por exemplo, para um número de 500 templates armazenadas no terminal o FAR é 1/10,000,000.